Linowan

Os Linowan habitam o Nordeste, onde os prados e
árvores decíduas disputam terreno com as profundas
florestas de pinheiros e sequóias. Os Linowans vivem em um
estado de eterno conflito com os Haltans que habitam as
florestas profundas, constantemente tentando expandir seus
prados, reduzindo os limites das florestas derrubando árvores
e exterminando os Haltans sempre que possível. Apesar dos
campos em volta das cidades serem férteis, poucos Linowan
cultivam o solo ou semeiam os campos. Ao invés disso, eles
dobram os rios e rumam para o mar em grandes canoas que
comportam cerca de trinta guerreiros, trazendo na volta
trutas, salmões, baleias e krakens. Eles também praticam
pirataria de tempos em tempos, atacando qualquer
embarcação que pareça uma presa fácil. Mercadores
regulares recebem bandeiras especiais que são hasteadas nas
proximidades das águas de Linowan, e estes navios jamais são
atacados.
O povo de Linowan possui a pele da cor das folhas de
carvalho no outono e brilhosos cabelos lisos e pretos com
tons levemente esverdeados. Eles vestem peles, couro e Lã de
carneiros e bodes selvagens que eles caçam nas colinas ao
norte. Eles rejeitam a Imaculada Filosofia, apesar de serem
aliados do Reino, e veneram as Cinco Damas, o Sol Indomável,
e espíritos do oceano e dos rios. A rainha Arkasi governa
Linowan da capital de Rubylak, e ela espera persuadir o Reino
O CULTO DOS ILUMINADOS
Nem todos os Siderais apoiaram a Usurpação.
Alguns debateram sobre o assunto e concluíram que a
Facção de Bronze cometeu um grande erro. Com a
Imperatriz desaparecida e os Solares retornando em
grande número, estes Siderais da Facção de Ouro
aproveitaram esta oportunidade e se infiltraram em um
culto menor — o então chamado “Culto dos Iluminados”.
Os seguidores deste culto acreditam que poderosas
entidades chamadas de “Os Radiantes” surgiriam em
breve para transformar o mundo em um lugar de paz e
harmonia.
Os Siderais rapidamente tomaram a liderança
deste culto e instituíram um programa secreto de busca e
proteção de Solares renascidos. Desde então, eles
salvaram um considerável numero de Solares da Caçada
Selvagem e treinado outros para controlar seus poderes.
Apesar dos Siderais terem seus próprios objetivos, o Culto
é um vital aliado para jovens Solares em seus caminhos
sem amigos ou treinamento. Alguns Solares até mesmo
aceitaram as doutrinas do Culto e acreditam que
realmente são os salvadores divinos.
a lhe prover com guerreiros e ajuda dos Sangue-de-Dragão
para auxiliar na luta contra os Haltans.
Apesar dos Linowan atacarem regiões próximas
periodicamente, seus verdadeiros inimigos são as florestas
profundas e os Haltan que vivem nelas. As casas dos grandes
chefes Linowan são feitas de pranchas retiradas das sequóias
das florestas, e o aprisionamento de Haltans é motivo para
grandes celebrações que precedem o ritual de execução no
qual eles são queimados vivos. Um destino semelhante
aguarda qualquer Linowan que seja descoberto ajudando um
Haltan ou visitantes que perpetuem crimes graves. Esses
visitantes são considerados aliados dos Haltan.
As mais famosas criações dos xamãs de Linowan são
suas máscaras, usadas pelos próprios xamãs ou concedidas a
poderosos caçadores, guerreiros, contadores de estórias e
qualquer um que seja igualmente aclamado e julgado
merecedor. Estas máscaras são esculpidas em assustadoras
formas animais e são usadas em conjunto com pedras e
vestimentas multicoloridas. Cada máscara é feita para uma
pessoa em particular e só funcionará para ela, e todas
possuem algum tipo de poder contido nelas. A confecção
delas é um segredo fortemente guardado pelo povo de
Linowan, e ensinado apenas aos xamãs.

Linowan

Crônicas de Exalted alyssonlago alyssonlago